Mercado

Zaga é motivo de dor de cabeça e Vasco deve ir ao mercado

Um dos pontos mais criticados pela torcida nessa temporada é o sistema defensivo do Vasco. A bola aérea se tornou uma verdadeira dor de cabeça. Contra o líder Náutico, em São Januário, o ex-técnico Marcelo Cabo já havia revelado que pediu a atenção do elenco para essa jogada adversária. O papo não surtiu efeito. Em jogada de escanteio, Vinicíus subiu sozinho para marcar. 

Contra o CSA, mais recentemente, o capitão Castan marcou bobeira e viu o time alagoano abrir o placar com Gabriel. O segundo gol também foi motivo de bronca. Após cobrança de falta, Vanderlei cedeu rebote nos pés de Ernandes, que não desperdiçou.

A situação se acentuou ainda mais com as baixas do goleiro Lucão e do zagueiro Ricardo, substitutos imediatos, que estão representando a Seleção Brasileira nas Olimpíadas. Até o encerramento, dia 8 do próximo mês, o time entrará em campo cinco vezes. 

Com a abertura da janela em agosto, o diretor de futebol Alexandre Pássaro já adiantou que reforços devem chegar ao Cruzmaltino, mas alertou que o atual elenco do Vasco ainda pode entregar muito mais. Uma das posições no radar é a zaga. 

“É lógico que estaremos sempre atentos ao mercado. Hoje só podemos contratar jogadores das Séries A e B. Em agosto, teremos um leque maior de opções. Caso for necessário, vamos atrás de peças”, disse ao canal ‘Atenção, Vascaínos’. 

Fonte: SUPERVASCO.COM
Loading...