Mercado

Guarin pode se aposentar

Após alegar problemas pessoais, Guarín, ex-jogador e xodó no Vasco, foi liberado pela direção e está na Colômbia desde julho do ano passado. Em agosto, o então presidente Alexandre Campello anunciou a decisão de rescindir o contrato com o jogador, que acabou se tornando pivô de uma enorme polêmica.

O jogador havia renovado seu contrato em 2020, mas acabou saindo do mesmo jeito. Apesar da curta passagem, o colombiano se declarou ao time e até tatuou uma cruz de malta em seu braço esquerdo. Guarín chegou no Vasco em 2019 e realizou apenas 15 partidas, marcando três gols. 

No início desta semana, Fredy repetiu o que fez no Vasco e também rescindiu seu contrato no Millonarios, da Colômbia. A informação é do ‘Infobae’ e foi reproduzida pelo ‘Torcedores.com’. Guarín passou por problemas particulares nos últimos meses e foi acusado de agredir familiares.

Após algumas especulações sobre um possível retorno, Marcelo Ferreira, empresário do medalhão, foi procurado pelo canal ‘Atenção Vascaínos’ e se posicionou: “O Guarín tem que cuidar da vida pessoal dele, que não está boa. Ele tem muitos problemas. Saiu do Millonarios, não sabe nem se vai continuar jogando futebol, talvez se aposente”, disse.

Foram 57 jogos com a seleção da Colômbia, além da disputa da Copa do Mundo de 2014. O volante surgiu no Atlético Huila, em 2003, passou pelo Envigado e, em 2005, se transferiu para o Boca. A mídia colombiana também ressaltou que Guarín tem grandes chances de anunciar sua aposentadoria.

Fonte: Bolavip
Loading...