Eleita melhor jogadora do mundo pela 6ª vez, Marta foi formada no Vasco

Publicado em 25/09/2018 14:37

A premiação feita pela Fifa nesta segunda-feira ficou longe de ser unânime no masculino e trouxe uma positiva surpresa no feminino. Jornalistas do Redação SporTV comentaram sobre os escolhidos e um dos que criticaram Modric como melhor jogador do mundo foi Carlos Cereto. Além da discussão sobre os candidatos, a bancada ainda se questionou sobre a entidade dar mais peso para atuações realizadas na principal competição organizada por ela: a Copa do Mundo.

Foto: Globoesporte.comMarta
Marta

- Está longe de ser um jogador extraterrestre. O meu voto seria para Cristiano Ronaldo e Messi que ainda são os melhores jogadores do mundo. Se você olhar pra temporada, Cristiano, Messi e Salah, foram melhores do que o Modric (...) Na temporada, pela Liga dos Campeões, eu colocaria o Cristiano Ronaldo. É claro que a Copa do Mundo pesou muito, embora também seja discutível se o Modric tenha tido uma importância tão grande assim pra seleção da Croácia chegar à final. É merecido o prêmio para o Modric, mas não era o melhor jogador do mundo e nem da temporada.

Márvio dos Anjos, editor do jornal O Globo e presente na bancada, também considera que a proporção tomada pelos jogos da Copa do Mundo tenha sido maior do que alguns campeonatos da Europa.

- A Fifa, na verdade, premia ela mesma. A Copa é o principal produto da Fifa. Se ela dá o prêmio de melhor do mundo desse ano para o Cristiano Ronaldo ou pro Salah, ela está dizendo assim: "A principal competição do mundo é a Liga dos Campeões da Europa."

No feminino, uma boa surpresa trouxe o hexa para o Brasil. Marta foi escolhida pela sexta vez a melhor jogadora do mundo. Um recorde entre mulheres e homens. Nos últimos anos, o nome responsável por esse título variou muito no feminino, mas Marta é a única que já concorreu treze vezes ao prêmio. Não esteve entre as candidatas apenas em 2015 e 2017. Segundo o apresentador Marcelo Barreto, "não pintou nenhuma Marta depois da Marta".

A jornalista Cíntia Barlem alertou para a necessidade de valorizar o futebol feminino, desvinculando do momento que a Seleção masculina estiver vivendo. Para ela, essa marca pode ajudar na categoria, mesmo que clubes ainda relutem na formação de equipes femininas. Nesse caso, as publicações nas redes sociais em homenagem à Marta podem servir para a divulgação desse triunfo e, principalmente, para a conquista de novos apoiadores. A questão é que nem o clube que a revelou esteve preocupado em disseminar a notícia.

- Eu estava olhando as redes sociais do Vasco e eles não colocaram nenhuma menção à atleta que surgiu no futebol de lá, aos 14 anos.

GloboEsporte.com

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO VASCO

Vasco

Vasco

X
Sport

Sport

Ilha do Retiro 20/10/2018 19:00
DEIXE SEU PALPITE
Vasco

Vasco

2
X
0
Cruzeiro

Cruzeiro

São Januário 14/10/2018 16:00