Futebol

Botafogo x Vasco se enfrentam com pressões semelhantes

Enderson Moreira e Lisca têm mais em comum do que podem imaginar: pouco tempo de trabalho em seus novos clubes, dois jogos à beira do gramado e um clássico estadual pela frente. E logo no primeiro confronto da história entre Botafogo e Vasco pela Série B do Brasileiro, a ser disputado neste sábado (31), às 21h, no Estádio Nilton Santos.

Ambos desembarcaram no Rio de Janeiro em substituição à dupla de Marcelos – Chamusca e Cabo -, que fracassou na missão de conduzir Alvinegro e Cruz-Maltino, respectivamente, ao G-4.

O Glorioso chega para o clássico em busca de dois feitos inéditos nesta edição do campeonato: vencer a terceira seguida, mantendo o 100% de aproveitamento com o técnico, e também completar três jogos sem sofrer gols. Tudo isso com poucos dias de treinamentos com Enderson, que evitou fazer grande alteração tática.

Ele admitiu, inclusive, que a confiança nos jogadores tem sido construída nas conversas e por meio de vídeos. Com o uso destas ferramentas, o Botafogo reduziu à metade a distância para o pelotão da frente – de dez caiu para cinco pontos.

O discurso em São Januário é parecido. Lisca completou uma semana efetiva de trabalho na última sexta-feira (30). Com apenas um treino, estreou com goleada sobre o Guarani, e, no meio de semana, perdeu para o São Paulo pela Copa do Brasil.

Com seis treinamentos efetivos para cada lado até o duelo em preto e branco deste sábado, os técnicos de Botafogo e Vasco apostam no fator psicológico e emocional a fim de potencializar as qualidades de seus comandados.

Cenário nunca foi tão sombrio

Na história dos 350 jogos entre os rivais cariocas, apelidado de Clássico da Amizade, nunca o cenário foi tão sombrio. O Vasco soma 150 vitórias contra 96 do Botafogo. Houve, ainda, 104 empates.

Rebaixados juntos no ano passado, ambos têm o mesmo objetivo: reconstrução e acesso à Série A. E aí entram as figuras de Enderson e Lisca.

Mesmo em início de trajetória nos clubes e com poucos treinos desde suas contratações, a pressão pela entrada das equipes no G-4 se faz presente a cada rodada. E nada melhor do que os três pontos no clássico para injetar a confiança necessária e encher o ambiente de tranquilidade para a sequência da competição.

Fonte: Jogada 10
Loading...