Futebol

Análise: O quanto pode impactar na entrada do MT na lateral?

Lisca para o jogo de hoje (31) vai ter o seu “primeiro problema” para resolver, mas como tem acontecido ao longo da temporada a solução acaba vindo da base. Para este confronto contra o Botafogo, o treinador não poderá contar com Zeca, suspenso pelo 3ª cartão amarelo e também não terá Riquelme. Então, o escolhido foi MT. E o quanto que muda a sua entrada em relação ao lateral ex-Santos?

Umas das coisas a melhorar já começa pelo biotipo do jogador, pois MT é mais alto que Zeca, ou seja, algo que pode ter benefícios nas jogadas aéreas do Botafogo, um dos seus pontos fortes do rival. Apesar do jogador da base ter jogado menos de lateral do que de meia, acumula bons números, ou, sem tanta diferença quanto Zeca, provando que pode agregar defensivamente até mais que o jogador titular.

Outro ponto fundamental é a leitura de jogo de MT. Como Zeca joga com o pé invertido, fica limitado a trabalhar por dentro, sendo assim, tendo dificuldade para pisar na linha de fundo. Já MT consegue atacar pelo lado esquerdo, tanto pisando na linha de fundo, quanto jogando por dentro e fazendo associações com o extremo por aquele lado (provavelmente Léo Jabá). Com isso, pode solucionar um problema que o Gigante da Colina tem pelo corredor esquerdo.

Zeca

MT

Jogos

11

9

Gol

0

1

Assistência

1

0

Toques

68

42.2

Grandes chances criadas

1

0

Passes decisivos

1,5

0,2

Eficiência por jogo

30,2 (76%)

15,4 (64%)

Passes no próprio campo

14,8 (80%)

6,2 (67%)

Passes no campo do adversário

16,9 (64%)

9,2 (61%)

Bolas longas

2,0 (34%)

0,6 (18%)

Interceptações por jogo

1,4

1,6

Dribles sofridos por jogo

0,6

0,4

Cortes por jogo

1,9

1,6

Dribles certos

0,8 (64%)

1,8 (64%)

Duelos no chão vencidos

2,9 (53%)

5,3 (62%)

Duelos aéreos vencidos

0,4 (33%)

1,3 (32%)

Por Rodrygo Nascimento

Fonte: SUPERVASCO.COM
Loading...