Abel fala sobre o empate, parte física, Cano, Talles, Pec, árbitro e vaias

Publicado em 19/01/2020 19:52

Abel Braga analisa o resultado do jogo do jogo: "Não foi o esperado e merecido. Não saímos contentes por isso. No primeiro tempo, não tivemos clarividência. Tivemos domínio, mas não fizemos o que treinamos. No segundo tempo, foi ataque contra defesa. Eles jogaram com a linha defensiva muito baixa. Tentamos ainda as bolas cruzadas, mas não deu. Torcedor veio e pode até sair insatisfeito. Mas ele entendeu que houve luta muito grande. Quantos jogadores deles caíram durante o jogo? Nós, nenhum. Saio contente e satisfeito pela atitude."

Abel comenta a parte física da partida: "Se essa equipe jogar na quarta-feira, vai estourar uns três ou quatro. Pessoal já sabe quem vai jogar, pessoal vem treinando junto. Essa equipe de jogo continua a pré-temporada e atuará no sábado. Foi assim que fiz no ano passado e deu certo. O mais importante é que aqui não tivemos nenhum machucado na pré-temporada. Vamos, então, continuar correndo atrás."

Abel comenta a estreia de Cano: "É normal no primeiro jogo fora do país estar ansioso. Até eu estava. Foi a primeira experiência dele aqui valendo três pontos. É normal alguns irem bem e outros nem tanto. O jogador que mais chamei atenção esses dias foi o Bruno Gomes. Mostrei coisas que ele poderia melhorar. Então, hoje ele foi um monstro. Acho que demos uma resposta boa".

Abel comenta o quarteto ofensivo com Pec, Marrony, Talles e Cano: "Sentimos um pouco no posicionamento. Às vezes, não é questão de quatro atacantes. Pec é um meia. Ele ficou um pouco entregue à marcação. Quando se tem a bola, com o futebol intenso de hoje, é tentar jogar entre as linhas e especialmente nas costas dos volantes. Fizemos isso nos treinos, mas não repetimos no jogo. Eles, então, estavam sempre bem posicionados."

Abel conta o que foi falar com o árbitro após o fim do jogo: "Esse árbitro é muito bom. Não é pouco bom. É uma das grandes revelações da nossa arbitragem. Só fui colocar que eu não entendi o número de minutos de acréscimo. Foi um negócio absurdo. No primeiro tempo, eles tiveram três atendimentos. No segundo, o goleiro caia a cada bola. Foi a única coisa a lamentar. É uma opinião minha: achei pouco o tempo dado para acréscimo. A ideia deles era essa: revezar quem iria cair e fazer tempo. Mas isso faz parte. O time deles se defendeu bem e merece o parabéns."

Abel projeta o clássico com o Flamengo na quarta-feira: "Eu não posso fazer nada, o calendário é assim. Não vou repetir ninguém desse time. Mas é Vasco x Flamengo. E nosso time é quase sub-20 também. Você tira o Fernando, o Pikachu, o Castan, o Werley e agora o Cano... nosso time é todo de meninos."
 

Abel é perguntado sobre vaias da torcida: "Não me preocupo com isso não (eventuais vaias). Os torcedores fizeram o que têm de fazer: apoiaram durante o jogo. A atmosfera foi legal, público veio para ajudar. Os torcedores gostaram, mas acho que alguns sentiram um pouco. Pec, pelo o que treinou, sentiu um pouco. A torcida pode ter certeza: o nosso ambiente é bom e incrivelmente sadio e caminhando para o melhor do Vasco."

Abel sobre reforços: "Por ora, só veio o Cano. A gente não quer e não pode errar. Ao trazer alguém, é alguém para jogar e trazer benefícios. Não vale a pena se não for assim."

Fonte: Globoesporte.com

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO VASCO

Vasco

Vasco

1
X
1
Chapecoense

Chapecoense

Maracanã 08/12/2019 16:00