30 de Julho de 2014 às 14:12

Adilson justifica mudança de esquema tático no Vasco

SUPERVASCO.COM

O terceiro encontro entre Vasco e Ponte Preta em menos de 8 dias ocorre nesta quarta-feira, em São Januário, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil. A equipe irá para o jogo com novidades, como a entrada de Rodrigo no lugar de Luan na zaga e a presença de Dakson na vaga de Aranda, auxiliando Douglas na armação de jogadas. O técnico Adilson Batista passa a escalar a equipe com dois meias e abandona o antigo esquema com 3 volantas, tão questionado pela torcida. O treinador diz o que o fez mudar de ideia.

“Quando trabalhei nós fomos envolvidos, e foi em função desse envolvimento que nós tivemos um pouquinho de dificuldade, mas também em função de poucos dias para trabalhar. O adversário foi superior na ocasião, mas não é em função disso que eu não tenha que rever algumas coisas porque precisamos tomar iniciativa, propor e ter o controle do jogo. Infelizmente algumas situações nesses jogos anteriores têm nos incomodado, como posse de bola, erros de passe, enfim, um pouquinho atrás ficava atrapalhando e dificultando, jogo um pouquinho truncado, até em função disso a gente solta um pouquinho, abre e dá um pouco mais de oportunidade, como demos para outros também, estamos batendo muito nos três volantes e tendo só o Douglas, então vai ter mais um para auxiliar.”

Adilson avalia o que mudou na Ponte Preta entre o primeiro e o segundo jogo.

“O adversário mudou 5 ou 6 jogadores, tinha a mudança no comando, e nós, mesmo iniciando com ótimo segundo tempo e controlando o jogo,mas não repetimos, erramos os mesmos 15 ou 16 passes do primeiro jogo para o segundo, isso acaba atrapalhando o próprio rendimento, tivemos um desgaste. Existia motivação, nosso intuito era vencer, mas a gente acabou errando, esperamos não cometer esses erros e vamos mudar para que a equipe melhore, disse à Super Rádio Brasil.

O Vasco pode até perder por 1 a 0 logo mais à noite que estará classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil. Caso perca para a Ponte Preta por 2 a 0, a classificação será decidida nas cobranças de pênaltis. O sorteio dos confrontos das oitavas será em 19 de agosto.

Por: Cesar Augusto Mota


recente